Tags

, , , ,

Para comemorar uma data especial ou só para fazer um dengo, que tal um prato especial? Peito de pato ou MAGRET DE CANARD!!!!

image

Receita: Magret de Canard com risoto de funghi

Porção: 6 pessoas

Ingredientes

image

– 6 filés de magret de canard
– 2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
– 100 gramas de funghi secchi
– 12 aspargos
– 2 dentes de alho negro cortados em lâminas
– 2 dentes de alho cortados em cubos (brunoise)
– 1/2 caixa de tomates cereja
– 450 gramas de arroz arbório
– 200 gramas de queijo parmesão
– 100 ml de vinho branco
– 1 cebola cortada cubos (brunoise)
– caldo de legumes (cebola, salsão, alho poró, louro, cristal de anis, cenoura, abobrinha)
– sal
– pimenta do reino
– ervas de provance
– salsinha

Como fazer
Preparando o caldo de legumes (a), veja post caldo de legumes, para saber como fazer?
Enquanto o caldo fica pronto você terá tempo para preparar o magret. Faça pequenos cortes, em diagonal, na gordura do filé, tendo o cuidado para não cortar a carne. Em seguida tempere com sal, pimenta do reino moída na hora, ervas de provance e reserve.

Preparando o Funghi (b)
Hidrate o funghi, colocando o mesmo em água fervente por mais ou menos meia hora.
Dica: Para incorporar melhor o sabor, da quantidade de água utilizada para hidratar o funghi, coloque 10% de vinho branco.

image

Preparando o Aspargo (c)
Faça um breve cozimento no vapor colocando em seguida em água gelada. Tempere com sal e pimenta e coloque para grelhar por alguns instantes.

Preparando o Magret (d)
Agora que o magret já absorveu o tempero, enquanto você prepara o risoto, dê sequencia ao preparo do magret.
Em uma frigideira bem aquecida ou numa grelha, coloque o filé com a parte da gordura para baixo. Não é necessário colocar azeite ou manteiga. Deixe dourar por alguns minutos em sua própria gordura.

image

Em seguida, retire um pouco o excesso de gordura deixada pelo magret, sele os outros lados do filé e reserve.
Dica: Após a selagem da carne é importante o descanso. Isso vai permitir que o suco da carne não seja desperdiçado quando cortá-la.

Já perto da finalização do risoto, volte com o magret para a frigideira e faça um ligeiro aquecimento antes de servir.
Observação: O Magret deve ser servido mal passado. Passando desse ponto, ficará duro.

Preparando o Risoto (e)
Em uma frigideira aquecida, coloque uma colher de sopa de manteiga, refogue a cebola e o alho, e em seguida acrescente o funghi.
Coloque o arroz, mexa por aproximadamente 3 minutos para que solte o amido e em seguida adicione o vinho.
Após a evaporação do vinho, coloque primeiro a água que utilizou para hidratar o funghi.

image

Ao secar essa água, baixe o fogo e continue o processo de cozimento do risoto, colocando pouco a pouco o caldo de legumes, mexendo com frequência.
Após 16 a 18 minutos, acerte o sal, coloque o queijo, misture a salsinha, insira os tomates cereja cortados ao meio, coloque uma colher de sopa de manteiga e sirva.

image

Preparando o prato
Em forma de pirâmide coloque dois aspargos. Do meio para cima, e sobre os aspargos, coloque o magret, na base da pirâmide, coloque o risoto.
image

Harmonizando
Para esse prato, optamos por um tinto seco (Bordeaux) bem encorpado. Se for preparar o Magret com o tradicional molho de laranja, será melhor harmonizar com um bom vinho branco. Nossa sugestão: Casa Marin Gewürztraminer Casona 2009.
Bom apetite!!

image

Destaco nesta receita a contribuição do alho negro, alho comum, in natura que, após passar por um processo de fermentação e submetido a condições de temperatura contínua aproximada de 65°C e umidade controlada, ganha novas características de textura, sabor e odor.
image
Realmente é uma delícia e com um sabor totalmente diferente, é incrível saber que é um processo totalmente natural. Da um requinte especial ao seu prato. http://agricultura.ruralbr.com.br/noticia/2014/03/conheca-as-caracteristicas-e-os-beneficios-do-alho-negro-4461374.html
image

by:

image

Fotos: Sylvia Yano

Anúncios